Tendências de design da Web para dispositivos móveis: por que o design da Web para dispositivos móveis é o caminho do futuro?

5

O design de sites para dispositivos móveis é algo com o qual você já deve estar familiarizado. A tendência de web design, também conhecida como design de site responsivo, não é um conceito novo.

A origem do web design móvel remonta a 1996, quando o pioneiro do design de sites, Glenn Davis, desenvolveu e popularizou a técnica de layout líquido que era flexível e adaptável a diferentes tamanhos de tela.

Os designers de sites avançaram ainda mais a técnica ao longo dos anos.

Em 2004, o desenvolvedor web Cameron Adams propôs uma técnica chamada layout dependente de resolução usando JavaScript. Envolvia a detecção do tamanho da tela dos usuários para exibir o layout apropriado do site.

Outra web designer, Zoe Gillenwater, publicou um livro Flexible Web Design em 2010, no qual ela propôs um layout elástico para uma aparência consistente em layouts de páginas da web em vários tamanhos de tela. Durante o mesmo ano, o desenvolvedor web Ethan Marcotte propôs uma nova abordagem para o design flexível do site que ele denominou de design responsivo do site.

Web design móvel: o presente e o futuro

O design do site para dispositivos móveis usa uma abordagem de design da web responsivo. Envolve escrever códigos que oferecem uma experiência de visualização ideal para usuários que visitam sites usando seus dispositivos móveis.

Com a introdução de smartphones móveis no final dos anos 2000 pela Apple, Samsung, Nokia e Blackberry, os desenvolvedores de sites começaram a criar sites para telas menores. Eles usaram layout líquido, layout dependente de resolução, design elástico, grades fluidas, imagens flexíveis e outras técnicas conhecidas. Ele inaugurou uma era de design da web móvel que se tornou popular hoje entre os desenvolvedores da web e continuará a fazê-lo nos próximos anos.

O Google percebeu a crescente importância do design de sites para celular. Em 2015, o gigante dos mecanismos de pesquisa introduziu uma atualização de algoritmo chamada Mobilegeddon, que classificou os sites compatíveis com dispositivos móveis em resultados de pesquisa para dispositivos móveis.

De acordo com o Google, as características de uma página da Web compatível com dispositivos móveis incluem:

  • Texto legível que não requer zoom ou toque
  • Alvos de toque adequadamente espaçados
  • Evite a exibição de ‘conteúdo não reproduzível', como rolagem horizontal

Os desenvolvedores de sites devem criar um site que ofereça uma experiência de usuário (UX) perfeita em vários dispositivos e telas. E o uso de estilo CSS, grades fluidas e layout dependente de resolução ajudam a atingir esse objetivo criando sites que exibem bem em diferentes dispositivos.

Por que o design da Web para dispositivos móveis é importante?

A criação de um site compatível com dispositivos móveis oferece várias vantagens, como tráfego aprimorado, conversões aumentadas e uma imagem profissional.

Como a maioria das pessoas hoje visita um site usando dispositivos móveis, o design do site deve atender aos requisitos dos dispositivos atuais e também dos dispositivos do futuro.

Em 2021, os dispositivos móveis representaram 92,6% das visualizações de páginas da web globalmente. Isso significa que a maioria das pessoas provavelmente visualizará apenas a versão móvel do site. É provável que a tendência continue no futuro, tornando importante para os desenvolvedores da Web dominar a técnica.

Tendências de design da Web para dispositivos móveis a serem consideradas

Os dispositivos móveis continuam evoluindo, exigindo que os web designers se adaptem e se ajustem. É importante acompanhar as tendências de design da web móvel para garantir uma experiência perfeita para os usuários.

Aqui, examinamos as principais tendências de design da Web para dispositivos móveis a serem consideradas nos próximos anos.

1 Design móvel para telas dobráveis

Os celulares dobráveis ​​estão se tornando cada vez mais populares. As estatísticas mais recentes mostram que cerca de 819.000 telefones dobráveis ​​foram vendidos no segundo trimestre de 2021. Espera-se que as vendas de telefones dobráveis ​​aumentem 112% em 2022, atingindo 15,9 milhões.

Embora o Royal FlexiPai tenha sido o primeiro telefone dobrável, foi o Samsung Galaxy Fold que capturou o interesse dos consumidores globais.

Os telefones dobráveis ​​têm uma tela dobrável. Os recursos permitem que um telefone sirva tanto como smartphone quanto como mesa. Esse design específico apresentou oportunidades para formas inovadoras de exibir um site. Mas também criou novos desafios para os desenvolvedores da web.

Projetar um site para telefones que dobram horizontalmente é particularmente um problema. Dobrar o telefone aumenta o espaço da tela do telefone. Os web designers precisam escrever códigos de forma que dobrar e desdobrar o telefone não atrapalhe a exibição do site.

A tipografia é outro desafio para web designers quando se trata de telefones dobráveis. Dependendo do tamanho da tela, os cabeçalhos, texto e colunas serão exibidos de forma diferente. Isso requer ir além das técnicas de design de site responsivo para incorporar novos métodos para exibir o site corretamente.

Os desenvolvedores de sites precisam escrever códigos que permitam a mudança contínua de exibição à medida que os usuários dobram e desdobram a tela.

Os desenvolvedores de páginas da Web devem considerar uma abordagem minimalista ao projetar sites que sejam exibidos melhor em telas dobráveis. Eles devem adaptar JavaScript e CSS para enfrentar os desafios apresentados pelo design dobrável.

2 Web Design para Flip Phones

Telefones flip como o Galaxy Z Flip dobram verticalmente ao contrário dos telefones dobráveis ​​que dobram horizontalmente. Projetar um site responsivo para telefones flip é mais fácil.

Você precisa determinar a área de dobra onde a tela se divide em duas regiões. A linha de dobra média das telas flip tem cerca de 1000 pixels de largura. É importante garantir que o conteúdo acima da dobra e abaixo da dobra esteja equilibrado.

Não tente colocar muita informação acima da linha de dobra. Os leitores devem ser capazes de ler facilmente as informações na linha dividida de um telefone flip.

3 Realidade Aumentada

A realidade aumentada é no momento apenas um conceito para telefones celulares. Mas tem potencial para decolar nos próximos anos.

A Apple implementou o sensor LiDAR (Light Detection and Ranging) em seus modelos mais recentes – iPhone 12 Pro, iPad Pro e iPad Pro Max. O recurso permite que os usuários meçam objetos apontando um sensor para eles, que dispara um feixe de luz para mapear a área e os objetos dentro dela. É uma das implementações brutas de AR em telefones celulares.

Os designers de sites podem usar recursos AR de um telefone celular para exibir informações aumentadas. Por exemplo, um site pode usar um sensor LiDAR para medir a área de um objeto e convertê-lo automaticamente nas métricas desejadas. Os aplicativos do site também podem usar recursos AR para criar um UX mais envolvente e envolvente.

Como se adaptar à evolução das tendências móveis em web design

Embora os telefones celulares estejam evoluindo, os fundamentos da criação de um EUA positivo permanecem os mesmos. Os usuários esperam uma experiência perfeita em vários dispositivos. Os web designers precisam projetar o site com base nos recursos e dimensões da tela do celular.

1 Engajamento do usuário

O envolvimento do usuário é importante ao projetar um site. É importante focar em um design que influencie os usuários a realizar a ação necessária.

Concentre-se em criar uma página de destino que forneça todas as informações relevantes de maneira organizada. Além disso, o design do site deve incorporar recursos visuais e elementos que atraiam a atenção dos usuários.

2 Disposição flexível

O layout flexível é a chave para um web design móvel responsivo. O layout deve se ajustar automaticamente com base no tamanho da tela. Ele deve ser capaz de exibir o conteúdo perfeitamente em smartphones tradicionais e nos mais recentes telefones dobráveis ​​e móveis.

Você precisa garantir que o site seja exibido corretamente em tablets e smartphones.

O foco deve ser maximizar a experiência de navegação no site móvel em um espaço limitado. Os usuários devem ser capazes de ler facilmente o conteúdo sem realizar nenhuma ação. As imagens devem ser dimensionadas com base em um valor percentual da largura da tela do navegador móvel.

O design do site móvel precisa ser adaptável. É recomendável criar várias versões de um site para diferentes larguras de navegador. Você pode criar um layout de 500 pixels, 500-800 pixels e mais de 800 pixels. A criação de vários layouts geralmente é mais fácil de projetar e testar em comparação com o método de dimensionamento fluido.

3 Navegação por gestos

A maioria das pessoas prefere interagir com um site usando os dedos. O design de um site para celular deve permitir que os usuários belisquem para aumentar e diminuir o zoom da página. Em vez de navegar pelas imagens em uma galeria usando pequenos botões, você deve permitir que os usuários rolem deslizando para a esquerda e para a direita.

Uma consideração importante ao projetar um site para telas pequenas é a largura dos dedos dos usuários. A Apple recomenda que o elemento touch UI tenha mais de 44 pixels. Em contraste, o Google sugere 34 pixels para o elemento de interface do usuário que pode ser tocado. Mas certifique-se de que o alvo de toque para seu design da web móvel não seja inferior a 24 pixels.

4 Teste o Design

Os web designers devem testar o design do site em vários tamanhos de tela e navegadores. Você deve testar o site em todos os navegadores disponíveis. Exibir uma mensagem incitando os usuários a usar um navegador específico é uma atitude preguiçosa em relação ao design da web móvel. Isso afastará muitos usuários que preferem não navegar no site em vez de instalar um navegador diferente apenas para visualizar seu site.

Você também deve considerar testar o design do site em vários tamanhos de tela. Essa é a melhor abordagem que garantirá que seu site seja exibido da melhor forma, independentemente do telefone usado para navegar em seu site.

Se você não pode comprar diferentes dispositivos móveis, outra abordagem menos precisa é usar a ferramenta de redimensionamento do Google. Este aplicativo permite que você visualize seu site em diferentes dispositivos móveis.

5 Implementar CSS Media Query

CSS Media Query é um tipo de código de design de site que permite escalar automaticamente com base na tela. O código permite que você aplique CSS somente quando uma condição específica for atendida. Por exemplo, você pode usar consultas de mídia para criar uma regra para implementar um estilo específico quando o tamanho da tela for de 320 px ou menos. O layout do site será ajustado automaticamente quando a condição especificada for atendida.

O uso do CSS Media Query permite aplicar um estilo quando o dispositivo e o ambiente do navegador correspondem às condições. Eles permitem que você crie diferentes layouts para diferentes tamanhos de tela de dispositivos e navegadores. Uma consulta de mídia simples aparece da seguinte maneira.

@media media-type and (media-feature-rule) {
  /*specific CSS conditions*/
}

No código acima, o tipo de mídia especifica o tipo de código de mídia para o navegador. A regra de recurso de mídia especifica que o código contém condições que devem ser atendidas para executar o código. Você pode especificar as condições CSS para exibir layouts específicos com base na tela do celular e no navegador usado para acessar o site.

Conclusão

À medida que a interface e os layouts do dispositivo móvel evoluem, os web designers também precisam desenvolver novas maneiras de exibir o site. O surgimento de novos designs de telefone requer um novo foco na interface do usuário para criar um UX perfeito.

UX é a coisa mais importante quando se trata de web design móvel. Os web designers devem criar um design de site responsivo, considerando os requisitos dos usuários que navegam em sites usando diferentes dispositivos móveis.

Os desenvolvedores da Web precisam acompanhar as tendências do design da Web para dispositivos móveis. Eles precisam buscar um UX móvel positivo, pois isso melhorará a classificação de SEO, trará mais tráfego e aumentará as taxas de conversão.

Fonte de gravação: instantshift.com

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação