O espaço negativo pode trazer designs hipnotizantes

8

O design está avançando continuamente e se tornou muito influente ano após ano. Isso não vai acabar tão cedo! Muitos especialistas em design concordam com o fato de que as tendências de design mudaram de uma maneira que ninguém poderia imaginar.

Pode-se ver a continuação da "inspiração de design" retrô dos anos 50, 60, 80 e 90. Esse desenvolvimento consistente faz parte do que torna as técnicas e tendências digitais tão fascinantes para designers, empresários e aficionados da Internet.

Espaço Negativo: “Empoderando Nada."

Agora, com as tendências de melhoria do design, o “espaço negativo” não se tornou negativo para os designers. Antes de elaborar é importante discutir o espaço negativo, para quem não sabe. O espaço negativo solidifica a reputação de um ilustrador ou designer gráfico, convertendo tópicos complexos em linhas claras, provocativas e reveladoras que os espectadores podem entender com facilidade.

O espaço negativo se comunica com o cérebro de uma maneira diferente do que os designs regulares. Permite dar sentido a uma imagem positiva. Uma imagem ou logotipo desenvolvido negativamente se diferencia do monótono que pode ser projetado de maneira regular e previsível. O espaço negativo serve a um propósito em um projeto. O designer pode escolher qualquer cor ou tonalidade que complemente ou contraste com a imagem. Espaço negativo ou espaço em branco é o espaço aberto ou deixado ao redor de qualquer objeto. Imagine-o como o espaço para respirar que você deixa em torno de cada pedaço de imagem ou texto em seu design. Isso determina o quão lotado ou quão leve seu design geral parece.

No entanto, alguns designers usam o espaço negativo de uma maneira diferente. Em vez de apenas fornecer um bom plano de fundo para o design do logotipo, o espaço negativo é empregado para revelar outra imagem. Quase como uma ilusão de ótica, o elemento espacial negativo da concepção pode não ser a primeira coisa a saltar para o espectador, mas uma vez visto, torna-se uma parte intrínseca do design.

Por exemplo, a imagem abaixo indica um vaso e duas faces. Se você vir um vaso, verá a área branca como o espaço positivo. As áreas pretas se tornam o espaço negativo. Se você vir rostos, verá as áreas pretas como o espaço positivo e a área branca como o espaço negativo.

Muitas vezes há um mal-entendido de que o espaço negativo só pode estar em preto. Da mesma forma, o espaço em branco nem sempre significa que o espaço deve ser em branco.

Contando histórias com espaço negativo

O espaço negativo pode enganar o olho. O espectador pode demorar um pouco para pegar, mas quando ele/ela agarrar, vai apreciar a esperteza do designer. Utilizar o espaço negativo não significa “significado oculto”, mas denota explorar os conceitos por trás do que torna um logotipo único. Em outras palavras, criar um significado oculto é mais sobre contar uma história interessante e convincente. Aqui estão alguns exemplos do que quero dizer.

Definindo um assunto usando espaço negativo

Cercar o assunto principal com espaço negativo dá uma ênfase extra e atrai a atenção do espectador. Há muito mais significado oculto do que apenas usar espaço negativo. Embora o espaço negativo ajude a criar bons logotipos, é o conceito real por trás dele que faz a grande diferença, por exemplo, FedEx, MyFonts, Sony Vaio, Nike etc.

A importância e o uso do espaço negativo

Como dito anteriormente, o espaço negativo pode mudar drasticamente o clima e a história de uma imagem. Atua como um contexto, fortalece as emoções positivas, enfatiza os sentimentos do seu sujeito, sejam eles românticos ou agressivos. Também pode adicionar uma sensação de solidão. Em suma, o espaço negativo transmite a mensagem com os mesmos sentimentos, emoções que você deseja expressar.

Espaço e Composição

O espaço negativo tem um enorme impacto na composição. Quando um design não tem espaço negativo suficiente, pode parecer lotado e complicado. A imagem abaixo ilustrará melhor. É composto por uma mulher e um título conforme o desenho, com aproveitamento mínimo de espaço negativo. É difícil acabar relendo ou pulando uma linha de texto com frequência. Isso pode irritar e até fazer com que o leitor pare abruptamente de ler o texto, que é a última coisa que qualquer designer deseja.

A segunda fotografia ilustra o melhor uso do espaço negativo. A foto da mulher se encaixa melhor na composição. O logotipo é colocado no canto inferior direito, dando bastante espaço a cada elemento. A segunda imagem pode chamar muito mais atenção e focar na mensagem.

É importante observar que “adicionar” ou “remover” espaço negativo afeta o peso dos outros elementos na imagem à medida que eles se tornam menores ou maiores dentro do quadro. Isso significa que se pode usar o espaço negativo para equilibrar a composição da imagem.

Espaço Negativo na Tipografia

O espaço negativo também pode melhorar o texto. O espaço negativo entre cada linha de texto é chamado de entrelinha na tipografia. A entrelinha torna o tipo muito mais legível. O espaço negativo entre cada linha (leading) torna o texto muito mais visível, o que facilita a leitura. A falta de entrelinhas suficientes dificulta a leitura do texto, o que pode desanimar o leitor. Isso pode causar releitura ou pular frases. Isso pode ser frustrante e impedir que o leitor pare abruptamente de ler o texto, que é a última coisa que qualquer designer deseja.

Desenhos com espaço negativo geralmente são muito simples, mas o observador pode perceber que há mais na peça. Um design de espaço negativo criativo é comparativamente atraente para o espectador; o que dá uma sensação de inclusão porque eles descobriram uma mensagem ou imagem oculta sutil. Eles gostam de sentir que estão a par de informações privilegiadas, então quando eles veem um uso criativo de espaço negativo dentro do logotipo ou design, isso se destaca em suas mentes. Esta é uma maneira extremamente eficaz de adicionar apelo aos seus designs.

Espaço Negativo na Fotografia

Campos criativos como a fotografia têm uso significativo do Espaço Negativo. Na fotografia, o espaço negativo é referido como qualquer espaço que não é usado para manter um assunto. Existem três princípios de composição em uma imagem.

  • Moldura que é a borda da imagem.
  • O Espaço Positivo é o item no qual a câmera está focada.
  • O espaço negativo é o resto da imagem. Ele está localizado entre o espaço positivo e o quadro.

Quando as pessoas compõem uma imagem, elas concentram sua atenção primária no espaço positivo. O espaço negativo recebe pouca atenção. Esse tipo de abordagem pode resultar em imagens ruins. O espaço negativo utilizado corretamente pode servir a dois papéis importantes:

  1. Pode ajudar a contar a história do espaço positivo.
  2. Pode ajudar a tornar o espaço positivo mais perceptível.

O espaço negativo nunca deve sobrecarregar o espaço positivo, pois isso levaria a estragar a imagem. Destacar-se com o espaço positivo pode ajudar a melhorar a imagem. Essa conquista ocorre porque o espaço negativo ajuda a controlar a atenção do espectador. Ele faz isso ajudando a chamar a atenção do espectador para o espaço positivo.

A imagem acima é o melhor exemplo que experimenta com diferentes composições.

Os logotipos são essenciais para representar uma marca. Um designer será considerado criativo se puder criar um logotipo com uma combinação excepcional de gráficos junto com o texto. Um bom uso do espaço negativo ao projetar um logotipo pode se tornar uma fonte de inspiração para outras pessoas. A mensagem oculta em seu logotipo não deve apenas “capturar” a atenção do espectador, mas, ao mesmo tempo, revelará muito sobre a empresa.

Um bom logotipo deve ser memorável e também comunicar a ideia do negócio. Usando a técnica do espaço negativo, é possível matar dois coelhos com uma cajadada só! Vamos encarar os exemplos.

Truque para usar o Espaço Negativo

Não é fácil criar um bom design na primeira foto, mas, francamente, existem muitas imagens mal projetadas. Então aqui vão algumas dicas para usar o espaço negativo nas imagens. Um bom design geralmente é simples. Com um truque visual, truque bonito, você pode construir a melhor imagem.

Cuide do Espaço Negativo

Muitas vezes, quando um designer projeta uma imagem, ele fica tão absorvido no design que atua como uma barreira entre eles e o espaço negativo. Eles então tentam se livrar do design o mais cedo possível. Mas se você deseja que o design seja impactante, tente transmitir e integrar esse espaço negativo.

Iniciantes geralmente acham isso difícil! Ter uma grande quantidade de espaço negativo não significa necessariamente que o designer seja preguiçoso ou que não tenha aquela centelha de criatividade. Isso prova que ele não confia em conteúdo sem sentido apenas para fazer um único design parecer ocupado, o que é uma marca de um verdadeiro artista.

Use o Espaço Negativo no Processo de Planejamento de Design

Ao planejar o design, muitas vezes nos concentramos muito nas coisas que vão estar na peça final e não pensamos muito sobre o que não vai estar nela. Eles não prestam atenção até chegarem ao ponto final. É aqui que começam os problemas.

Pense sobre o uso de espaço negativo desde o início. Para que você na hora de resumir o desenho não precise pensar muito nisso. Torne-o uma parte importante e intencional do processo de planejamento do projeto.

Incluir espaço negativo substituindo parte do espaço positivo

Em projetos que exigem muito espaço negativo, os designers devem pensar em como podem adicionar mais espaço negativo a uma imagem existente. Mas certifique-se de mantê-lo simples.

Apenas tente mudar o modo de pensar. Em vez de pensar o que adicionar? Pense no que remover? Pense em como minimizar o espaço positivo e maximizar o espaço negativo. Mantenha isso em mente.

Não se restrinja a preto ou branco

Tenha sempre em mente que, quando você pensa em espaço negativo, nem tudo é preto ou branco. Pode ser de qualquer cor. Para adicionar drama ao seu design, use outras cores, se necessário.

Não tenha medo de usar uma cor diferente. Se for a melhor maneira de adicionar drama ao design, não se restrinja a fazê-lo. Afinal, o uso do espaço negativo depende apenas da compreensão do designer sobre a natureza humana. Você tem que aprender como as pessoas captam o ambiente com os olhos, então aprenda a pregar peças com os olhos. Não existem regras sólidas a serem seguidas, e tudo depende de quão ousado você quer ser.

Por último, não evite o espaçamento.

Empacotando!

O espaço negativo, conforme mencionado várias vezes ao longo deste artigo, tanto organiza o design quanto ajuda a moldar e chamar a atenção para o conteúdo da página. As técnicas e tendências proeminentes hoje demonstram o quão longe o web design chegou no século XXI. Além do espaço branco/negativo, suporte a retina, sites de página única, elementos circulares, CSS3 e interfaces no estilo de aplicativos são alguns outros conceitos inovadores e envolventes que surgiram nos últimos anos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação