Como criar o catálogo da Web ideal para seus clientes?

4

É oficial. Estamos na era digital. Assim, tendo em conta a enorme quantidade de compras feitas online todos os dias, é imperativo que qualquer empresa em desenvolvimento tenha um catálogo web atraente.

Existe até um termo para isso agora. Você não mostra um produto, você o "webcase".

Considerando a importância de apresentar seu produto em um meio digital, você precisa fazer isso direito. Um catálogo da web deve ser envolvente e, idealmente, deve ser personalizado para o seu cliente. Isso ajudará você a criar uma experiência excepcional que ampliará significativamente as chances de que esse cliente em potencial acabe se tornando seu cliente recorrente.

Pesquise seu cliente

Sua pesquisa precisa ser altamente técnica. Não estime quem é seu cliente. A pesquisa do cliente exige precisão. Colete dados de relatórios e de seu Google Analytics. Lá você reunirá informações suficientes sobre como segmentar melhor seu cliente. Ao entender melhor o seu cliente, você poderá construir uma melhor estratégia de produto junto com um design atraente.

Isso, no final das contas, ajudará você a gastar menos dinheiro em campanhas e converter clientes em potencial com mais facilidade e precisão.

De acordo com um artigo publicado pela InfoEntrepreneurs, é essencial descobrir três coisas centrais sobre o seu potencial cliente:

  • Quem são eles?
  • Que bens eles compram?
  • Por qual motivo eles os compram?
A personalização é essencial

De acordo com suas descobertas ao definir seu cliente, você precisará personalizar seu catálogo, respectivamente. Uma pesquisa realizada pela Accenture afirma que mais de 50% das empresas optaram por determinados fornecedores devido à personalização. Ao dividi-lo de maneira muito simples, não há ciência obscura por trás do que a personalização é essencialmente. Tudo o que você precisa fazer é otimizar seu catálogo para as necessidades de um cliente ou empresa em potencial, dependendo de quem são.

A razão pela qual a personalização se tornou essencial, especialmente no meio B2B, é porque as pessoas que estão por trás de grandes empresas têm muito pouco tempo. Economizar tempo acabará por fornecer a você um novo cliente. Imagine ser um executivo em uma empresa de médio porte. Você recebe dois catálogos. Um personalizado, o outro é genérico. Qual deles você vai escolher, considerando que você está pressionado pelo tempo? Exatamente…

Encontrando o software que combina com você

Há uma série de produtos que o ajudarão a criar catálogos da Web personalizados e de alta qualidade. Aqui está uma lista de alguns programas que podem ajudá-lo a fazer o truque. Há uma série de criadores de catálogos que são gratuitos. No entanto, não é segredo que alguns deles são ligeiramente limitados em funcionalidade.

  • Yumpu. Considerada uma das melhores ferramentas do nicho. Com o Yumpu, você pode garantir que seu conteúdo seja consistente com suas estratégias de SEO e marketing, já que o programa pode ser sincronizado com o Google Analytics.
  • FlipHTML5. Esta é uma ótima ferramenta de publicação gratuita. Oferece um amplo espectro de possibilidades técnicas, incluindo enriquecer seu catálogo, adicionando vários tipos de mídia como fotos, vídeos, links e até música.
  • Anyflip. Este é um aplicativo gratuito que é comumente considerado uma das melhores ferramentas gratuitas de criação de catálogos. Com o Anyflip, você oferece uma vasta seleção de modelos de layout. Existe uma versão Premium com funcionalidade estendida. No entanto, a versão gratuita lhe dará uma ótima impressão sobre o que essas ferramentas são capazes.
  • Livros de virada de página. Esta ferramenta está entre as mais antigas do nicho. Além disso, sua última edição é considerada um dos programas que oferece mais possibilidades. Além disso, considera-se que tem uma ótima relação preço / valor.
  • FlipPageMaker. Uma ferramenta que impressiona até um usuário experiente. O FlipPageMaker oferece funcionalidade estendida. Este aplicativo pode ser sincronizado com o Google Analytics para que você sempre possa acompanhar o desempenho do catálogo em tempo real.
  • CatalogMaker. Comumente considerado entre os produtos com o melhor “retorno por investimento". Uma ferramenta simples, mas muito versátil.
  • Pimenta. Uma ferramenta flexível que permite customizar seus templates, sem precisar interferir no código.
  • Boxoft. Este construtor de catálogos possui um mecanismo de grande efeito. Ele também possui uma função de distribuição automática de conteúdo muito intuitiva. Ele permite que você importe grandes quantidades de arquivos, que serão distribuídos uniformemente por todo o documento. Esta função economiza muito tempo.
  • Catalyst Catalog Builder. Este software possui um ótimo sistema de gerenciamento de arquivos e dados. Ele permite que você atualize grandes blocos de informações em todo o documento. Ele também possui uma interface amigável. É adequado para a maioria dos usuários, então você não precisa ser iniciado em como usar esses programas para criar um vasto catálogo.
  • Construtor Instacat. Esta ferramenta permite criar catálogos muito rapidamente. Se você está realmente pressionado pelo tempo, pode experimentar o Instacat. Ótimo para uso pessoal e comercial.
  • CleverCat. Este é outro construtor profissional que o ajudará a criar catálogos personalizados de maneira rápida e eficiente para seus clientes. Ele foi projetado para permitir que você carregue centenas de arquivos de uma só vez e os organize de maneira organizada e intuitiva. Você tem a possibilidade de editar e criar novos modelos, de acordo com os quais os dados serão organizados no documento.
Você precisa de um bom CMS

Para evitar possíveis confusões, estamos falando de um Sistema de Gerenciamento de Catálogos, não de um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Esta ferramenta permitirá que você concentre todas as alterações relacionadas ao produto no mesmo local, o que eventualmente permitirá que você faça alterações rápidas nos novos catálogos que criar. É especialmente se você tiver uma quantidade muito grande de produtos e os preços mudarem automaticamente.

Algumas dessas ferramentas até permitem que você crie catálogos, mas principalmente elas são projetadas para gerenciar informações relacionadas aos seus produtos. Essas informações podem ser exportadas e integradas em um software de catálogo da web.

Quais são os melhores CMS atualmente disponíveis? Aqui está uma pequena lista de ferramentas populares:

  • Vendedor Nuvem. Esta ferramenta foi projetada para organizar muitos canais e manter tudo organizado e garantir que todos os seus dados estejam bem organizados.
  • Barra de Catálogo. Este é um CMS altamente funcional, que permite criar catálogos, além de atualizar facilmente as informações do produto.
  • Camada de Vendas. Essa ferramenta é famosa por sua eficiência no tratamento das informações do produto. Possui uma interface intuitiva e permite estruturar seu conteúdo proveniente de diferentes canais.

Essencialmente, os CMS's são desenvolvidos para te auxiliar na estruturação e atualização de dados relacionados aos seus produtos, mas alguns deles, como dito anteriormente, também podem criar catálogos. Você pode querer considerar uma abordagem mais holística para manipulação de dados e criação de catálogo. Em vez de ter dois aplicativos com funções separadas, você pode querer procurar um que faça tudo.

Toque no design

O design permite que você explore as descobertas recentes em neurociência e outros domínios adjacentes. Um exemplo típico de como o design pode ajudar a aumentar as vendas é o uso inteligente das cores. Dependendo da idade do seu público, você sempre pode optar por usar mais ou menos uma cor específica.

Por exemplo, pessoas com menos de 18 anos têm uma forte preferência por verde, vermelho e azul. Enquanto as pessoas com mais de 70 anos têm uma forte preferência pelo azul. Mais de setenta por cento dos participantes afirmaram gostar mais do azul.

Descobertas relacionadas a cores também podem dizer muito sobre quais cores você deve evitar. A pesquisa mostra que 30% das pessoas em todas as faixas etárias não gostam de marrom, laranja e roxo. Portanto, é evidente que é melhor ignorar essas cores em seus catálogos.

Também é importante seguir as últimas tendências do nicho. Por exemplo, de acordo com a Publitas, as tendências recentes em catálogos de produtos incluem “cores ousadas e vivas” e design “plano”. Combinando as tendências populares atuais com as descobertas da neurociência, você poderá criar um catálogo bonito e atraente.

Texto é vital

Claro, um catálogo não deve ter muito texto, mas certifique-se de usar texto para enfatizar os aspectos importantes do seu serviço ou produto. Procure um profissional com experiência em redigir descrições de produtos. Uma descrição precisa, mas bem escrita, de seus serviços tornará o catálogo mais convidativo. Uma redação correta dará ênfase aos valores de sua empresa e enfatizará seu posicionamento.

Hoje em dia, considerando a era digital em que vivemos, não é tão complicado encontrar um bom redator. Mesmo se você não estiver familiarizado com nenhuma agência ou não souber onde procurar, basta pesquisar sites que coletam críticas sobre determinados escritores e serviços de redação. Depois de chegar à página dos principais sites, você poderá encontrar os freelancers ou agências que têm os melhores depoimentos e suas taxas.

Invista tempo escrevendo slogans e botões de apelo à ação fortes. Um CTA de alta qualidade deve marcar algumas caixas. Em primeiro lugar, deve estimular o interesse do leitor sem revelar muita informação. O leitor deve permanecer curioso. Em segundo lugar, ele precisa ser potencialmente benéfico para o leitor. Precisa criar urgência. Uma forte chamada à ação precisa estimular o medo de perder (também conhecido como FOMO) do usuário.

Organize seus produtos/serviços

Você precisa colocar seus produtos na ordem certa. Isso aumentará a conversão e estimulará os clientes em potencial a optar por produtos específicos. Os principais aspectos de um catálogo bem organizado são:

  1. Mencione com orgulho seus best-sellers. Um cliente precisa saber quais listagens são as mais populares e por quê.
  2. Agrupe tudo. Não deixe seu catálogo parecer caótico e desorganizado. Isso desmotiva os clientes para olhar através dele.
  3. Opte por hierarquias, se aplicável. Se seus produtos tiverem componentes, liste os componentes imediatamente após o produto que os contém. Caso contrário, o catálogo pode parecer confuso e difícil de digitalizar.
  4. Encontre critérios, de acordo com os quais você agrupará seus itens. Ajude as pessoas a fazer uma conexão cognitiva entre seus produtos.

Conclusão

Para executar um catálogo da web de alta qualidade, você deve certificar-se de que tem uma série de coisas certas. Alguns deles são de caráter técnico e alguns são conceituais. Primeiro, você precisa entender quem é seu cliente e realizar uma pesquisa adequada. Isso é essencial porque, se você deseja aumentar suas vendas e conversões, precisa personalizar seu catálogo de acordo com as preferências específicas de seus clientes em potencial.

Assim que terminar, você precisará encontrar o software certo. Alguns softwares podem ser usados ​​exclusivamente para criação de catálogos e outros podem ser usados ​​como Sistemas de Gerenciamento de Catálogos. O primeiro é projetado para criar catálogos a partir do zero e os últimos são sistemas que automatizam a coleta de dados e às vezes podem ter o recurso de criação de catálogo a bordo.

E, finalmente, certifique-se de que os aspectos criativos do seu catálogo estejam no ponto. Certifique-se de consultar um designer e um escritor se tiver os recursos. Criar uma boa experiência do usuário usando as cores certas e escrevendo um bom texto garantirá que seu catálogo seja atraente e tenha o poder de converter as pessoas em usar seu serviço.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação